chileoliva

 

O olivo no Chile

Em 1492, No chile, Cristóbal Colon chegou na América, também trouxe consigo centos de variedades de espécies que se misturaram com a flora e fauna nativa. Os primeiros olivos chegaram desde Sevilla até as Indias do oeste (Caribe) e mais tarde se propagaram pelo resto do continente. Em 1560, já havia plantações de olivos no México, e logo chagaram a Peru, Califórnia, Argentina e Chile.

A respeito da indústria olivícola nacional, se formó recentemente em 1952, quando Don José Canepa Vaccarezza, incorporou em sua empresa tecnologia trazida da Itália e descobriu o potencial da olivocultura nacional.

Algumas empresas pequenas também apostaram em seguir seu exemplo, mas foi somente no fim dos anos 90 quando se deu início a inversões, estratégias de comercialização e as primeiras exportações de produtos, escrevendo-se assim, um novo capítulo no desenvolvimento do setor.

Azeites frescos e frutados deram o começo a olivicultura moderna do Chile, marcada pela introdução das principais variedades azeiteiras utilizadas a nível mundial e a mais moderna tecnologia de produção em matéria de sistemas de propagação, de poda, informação e manutenção, novos marcos de plantação, sistemas de fertilização e rego, gestão fitosanitária e de solo, sistema de colheita, entre outros avanços.

Hoje Chile possui mais de 24.000 hectares plantadas de olivos destinada a extração de azeite de oliva e a cada ano aumenta a produção. No ano 2016, se estima que a produção nacional foi de 17.500 toneladas.

 

Zonas Produtivas

No nosso país o cultivo do olivo se desenvolveu principalmente pelo Valle Central, que por esses anos concentrava toda a atividade agrícola nacional. Entretanto, as plantações não demoraram a estender-se até o Valle del Limarí pelo norte e o Rio BioBío pelo sul. Influenciada pelo Oceano Pacífico por um lado e a Cordilheira pelo outro. Esta parte de terreno é dona de diferentes micro climas que permitem a adaptação de diferentes variedades de olivos ao largo do país.


Campos e Almazaras

Os sócios de ChileOliva estão localizados na III e na VII região, em zonas com as melhores condições naturais para a produção de olivas. Neste rico pedaço de terra podemos encontrar os mais diversos frutados e intensidades de azeites de oliva de distintas variedades de olivos. Nos vales se desenvolve aromas e sabores únicos.

Copiapó

La Serena

Valparaíso

Santiago

Rancagua

Talca

REGIÓN de Atacama


Copiapó


REGIÓN de Coquimbo


Coquimbo


REGIÓN de Coquimbo


Ovalle


REGIÓN de Coquimbo


Los Vilos


REGIÓN de Valparaíso


Casablanca


REGIÓN de Valparaíso


Quilpue


REGIÓN Metropolitana


Melipilla


REGIÓN Metropolitana


Paine


REGIÓN de O'Higgins


La Estrella


REGIÓN de O'Higgins


Marchihue


REGIÓN de O'Higgins


Lolol


REGIÓN de O'Higgins


Rengo


REGIÓN de O'Higgins


Malloa


REGIÓN del Maule


Sagrada Familia


REGIÓN del Maule


Curepto


REGIÓN del Maule


Pencahue


REGIÓN del Maule


Molina


 

Variedades

Distribuição superfície de plantação segundo variedades:

A principal variedade de cultivo a nível nacional é Arquina, a qual abarca 57% da superfície plantada de olivos, seguida pela Arbosana (20%), variedades italianas (Frantoio y Leccino) com 10% e outras com menor superfície de plantação como Picual, Koroneike y Coratina.

A maior parte das variedades de olivos presentes no mundo provém do Mediterrâneo. Espanha, Itália, Grécia que são os berços por excelência deste produto, foram os primeiros. Desses países começaram a chegar os azeites no Chile e também nas primeiras variedades azeiteiras de olivos.

57% Arbequina

20% Arbosana

10% Frantoio/Leccino

5% Picual

3% Koroneiki

3% Otras

2% Coratina

 

 

Arbequina:

Essa variedade é originária da Espanha e entrega um fruto oval e pequeno. Seu azeite é muito aromático, com um leve sabor a maçã, herbácea verde, doce, pouco amargo e picante. Há tido muito boa aceitação nos mercados pouco habituados ao consumo de azeite de oliva. É a variedade mais plantada no Chile, representando 70% total nacional, já que é usado comumente como base para todas as misturas (blend), devido ao seu azeite levemente frutado.

 

Arbosana:

Essa é uma variedade espanhola, procedente da região de “EL Arbos” na província de Tarragona. Atualmente se projeta como uma das variedades mais interessantes pela qualidade do azeite produzido, já que é bem frutado e aromático com um particular aroma a banana. É estável, amargo e levemente picante.

 

Leccino:

Se cultiva em toda a península itálica já que se utiliza como agente polinizador. É uma variedade de fruto grande e de maduração semelhante. Seu azeite é bastante amargo e possui um sabor muito verde.

 

Picual:

Proveniente da Espanha, é a variedade mais importante do mundo. Representa 20% do total mundial e 50% ds plantações ibéricas. Seu fruto é mediano e o azeite resultante é bem estável, frutado, fragante, com atributos positivos de amargo, picante e adstringente, que suaviza com o tempo. Como atributos específicos, se destacam a figueira e a madeira que fazem dele um azeite com personalidade.

 

Koroneiki:

Variedade proveniente da Grécia, representa aproximadamente 60% da superfície oleícola deste país. Produze um azeite muito apreciado pelas suas características organolépticas, estabilidade e alto conteúdo em oleico. Azeite frutado, bom aroma, elegante e muito verde.

 

Coratina:

Outra variedade italiana que se cultiva principalmente na região de Puglia (Bari). Graças ao seu alto conteúdo de polifenóis geralmente utiliza-se para enriquecer misturas e não como monovarietal. Seu fruto é grande e produz um azeite herbáceo de cor amarelada, com excelentes características organolépticas .

 

 

 

Nossa Gente

 

Estatísticas

ChileOliva põe a disposição informes de mercado, elaborados a partir de dados obtidos dos órgãos públicos e privados, e que tem sido preparados pela Associação para quem necessite consultar.

Neles se apresentam uma descrição gráfica e estatística do crescimento experimentado pela indústria de Azeite de Oliva Nacional nos últimos anos, e dados anuais de produção nacional, exportação, importação e panorama mundial.